avatar
Admin
Mensagens : 243
Data de inscrição : 25/11/2018
Ver perfil do usuáriohttp://interioronline.forumeiros.com
25052019
Sector Aircraft lança aeronave Hero na AviaShow, maior feira de aviões do Brasil FOTO-PRINCIPAL

A Sector Aircraft, empresa sanjoanense de aviões, faz o lançamento de seu primeiro modelo, neste final de semana, na AviaShow, em Regente Feijó (SP), considerada a maior feira de aeronaves do Brasil. O Hero, nome do avião, é apresentado no evento deste sexta-feira (24) e estará no local até este domingo (26).


Durante a AviaShow, a Sector dá também início à venda do Hero, que, a partir da conclusão do primeiro modelo, já começou a ser fabricado em série para atender tanto o mercado brasileiro quanto o norte-americano. A meta da empresa é que, em breve, o avião sanjoanense esteja no Top-5 de vendas nos Estados Unidos. Para isso, a fábrica abriu, no final do ano passado, uma filial em Orlando, nos EUA, para iniciar as tratativas para alcançar o objetivo.


“É muito gratificante este momento, pois o avião está projetado na minha cabeça desde 2013. Neste processo de tirá-lo da prancheta e dar vida ao avião, recebemos sócios, parceiros, apoio da cidade e empresas. Essa semana, na montagem final, esse processo todo me surpreendeu, porque fui compondo ele aos poucos. Na minha cabeça já estava pronta a montagem, mas quando consegui pegar todas as partes, juntar e colocar no avião, foi um sentimento único”, descreveu André Godoy, engenheiro e proprietário da Sector.


INÍCIO DAS VENDAS

Ao mesmo tempo em que faz o lançamento do Hero, a Sector Aircraft dá início à venda dos aviões, que agora também serão fabricados em série. O valor da aeronave, segundo Godoy, é de 180 mil dólares.


“Conseguimos colocar tudo o que tem de melhor em nosso avião. Ou seja, melhor motor, melhor conjunto de rodas e freios e melhor painel, por exemplo, além de todos os outros elementos. Por conta dessa qualidade, ele será o avião mais caro da categoria no Brasil, mas posso garantir que vamos entregar uma ‘Ferrari’ para os futuros donos dos aviões”, destacou.


A qualidade dos elementos citada por Godoy se deve a diversas parcerias internacionais firmadas durante a construção do Hero. As norte-americanas Garmin, Sensenich, Solidwords e Bose Aviation, além da francesa Behringer, são algumas das empresas que a Sector possui parcerias para a construção de seus aviões.


TOP-5 NOS EUA

Uma das metas pré-estabelecidas desde o início da construção do avião é fazer com que o Hero alcance o Top-5 de vendas no mercado norte-americano. Para que isso se concretize, desde o ano passado, a Sector possui uma filial em Orlando, nos Estados Unidos.


Com o lançamento da aeronave, neste final de semana, o CEO (sigla inglesa para Diretor Executivo), Marcelo Ricardo Carnaval, detalha o passo a passo para que esse desejo possa ser concretizado.


“Em novembro vamos para uma feira na Flórida, apresentar o Hero e, no ano que vem, em abril, vamos para a Sun ‘n Fun, que é uma das maiores feiras do mundo, que também ocorre nos Estados Unidos. A partir dali, a aeronave vai ganhar o mundo. Os norte-americanos já nos seguem em peso nas redes sociais. Então, com esse interesse, vai ser uma questão de tempo para chegarmos, não digo que em primeiro, mas entre os cinco primeiros do mercado dos EUA”, descreveu.


HERO: O PRIMEIRO AVIÃO
Com motor Rotax 912 IS de 100hp, o Hero é todo de alumínio e tem capacidade para dois lugares, oferecendo espaço interno para pessoas de grande estatura. Com tanque cheio, a aeronave poderá voar a uma distância entre cerca de 1.000 quilômetros sem a necessidade de reabastecimento.


Segundo Iago Amorim, engenheiro e sócio-proprietário da Sector, com essa autonomia de voo, seria possível sair do aeroporto de São João da Boa Vista e voar tranquilamente para capitais como Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Salvador (BA) e Vitória (ES).


CERTIFICAÇÃO ANAC

Amorim salienta que a Sector aguarda autorização de voo para iniciar, posteriormente, as tratativas que faltam para que o Hero consiga certificação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Desta forma, a aeronave deixará de ser um protótipo e se tornará certificada, podendo, assim, ser comercializada e operada.


Empresa planeja triplicar funcionários para fabricação em série



Concluído o primeiro Hero, a Sector Aircraft dá início, ao mesmo tempo, à fabricação em série do avião. Enquanto ele é lançado oficialmente na AviaShow, em Regente Feijó (SP), parte da equipe da empresa fica em São João, na sede localizada no aeroporto sanjoanense, para dar início à construção da segunda aeronave.


Marcelo Ricardo Carnaval, CEO (sigla inglesa para Diretor Executivo) da Sector, revela os planos de expansão da empresa a partir de agora, quando o Hero passa a ser fabricado em série. Ele diz acreditar que a cidade será conhecida pelo mundo por conta do avião.


“A empresa começou em uma garagem, agora está em um hangar mais amplo e já temos um plano de expansão, que está em fase de aprovação na prefeitura. Com isso, vamos duplicar o tamanho do hangar e praticamente triplicar a mão de obra. Isso está se encaminhando para ser concretizado e São João, com certeza, será conhecida mundialmente por conta do Hero.


GESTÃO DE FUNCIONÁRIOS

Para esta etapa de contratação de funcionários – e também para os colaboradores que já foram admitidos e estão na empresa – a Sector possui um plano de gestão e treinamentos para preparar os servidores para atuar na fábrica.


A responsável por essa área é Ingrid Pontes, sócia-proprietária da empresa, que também é psicóloga e gestora administrativa da fábrica. Ela destaca os planos de ação para capacitar os servidores da Sector Aircraft.


“Tudo que a gente fez até agora para concretizar o Hero, a gente deve muito às pessoas que fizeram parte desse processo. Aqui na Sector, a gente tem uma estrutura desenhada de treinamentos muito robusta. Essa estrutura já foi até mesmo apresentada na Anac [Agência Nacional de Aviação Civil] e ela prevê desde cursos técnicos e específicos para o nosso trabalho. Nós pensamos muito aqui na questão de grupo, de o funcionário entender a nossa causa. Traçamos os planos e decisões em conjunto”, concluiu. (F.J.)
Compartilhar este artigo em:diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Comentários

Nenhum comentário.

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum