avatar
Admin
Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/11/2018
Ver perfil do usuáriohttp://interioronline.forumeiros.com
23042019
Preço do etanol dispara nas bombas dos postos de São João FOTO.-P%C3%81G.-4.-CIMA-ETANOL


Dois aumentos do preço do etanol chegaram às bombas dos postos de combustíveis de São João da Boa Vista em abril e têm feito motoristas percorrerem vários estabelecimentos comerciais em busca de um valor atrativo. Já no feriado de Sexta-feira Santa (19), o preço médio do etanol atingia a marca dos R$ 2,989 nos postos e assustava quem parava nas bombas para abastecer o carro. Em alguns comércios, valor já ultrapassou a casa dos R$ 3.


E a elevação no preço do litro do etanol nas distribuidoras veio há cerca de 15 dias: a primeira, com pico de alta na semana passada em 12 de abril, com aumento de 15,07%, seguido do segundo acréscimo na semana anterior, fechada no dia 18 e com a alta de 4,66%, de acordo com Augusto Cesar Mafia, representante em Piracicaba do Recap (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Campinas e Região), que abrange São João da Boa Vista.


O último percentual aplicado sobre o litro do etanol, de 4,66%, também apareceu em pesquisa recente realizada pelo Centro de Estudos Avançados de Economia Aplicada (Cepea), da Esalq-USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/Universidade de São Paulo). Os aumentos, consequentemente, são repassados pelos donos de postos aos consumidores finais.


“Atribuo esse aumento à falta de produto [cana de açúcar] e porque estamos na entressafra, quando as usinas param para manutenção”, afirmou Mafia, que também adiantou que não observa redução no preço do produto em curto prazo.


Segundo ele, o preço médio do etanol nas cidades abrangidas pelo sindicato está em R$ 2,99. Já a gasolina comum está em R$ 4,29.


Em consonância com o Recap, a justificativa das refinarias para o aumento do etanol foram as fortes chuvas em São Paulo e que atrapalharam a colheita de cana de açúcar, reduzindo a produção nas usinas. Outra razão apontada seria o fato da maior parte das distribuidoras ter feito a aquisição do produto no início da semana – quando o preço estava mais alto – para suprir a demanda do feriado prolongado.


Enquanto isso, o consumidor amarga a alta dos preços do etanol e da gasolina, como desabafa a sanjoanense Renata Aversa na Fanpage do jornal O MUNICIPIO no Facebook. “Etanol entre R$ 3 e R$ 3,20, por aí. Gasolina entre R$ 4,30 e R$ 4,50. Que isso? Tudo aumenta e ninguém faz nada”, disse.


“Pois ninguém aguenta mais pagar R$ 3 o litro do etanol; imagina o diesel”, observou o sanjoanense André Jorge.


DIESEL
Na quarta-feira (17), a Petrobras oficializou reajuste no preço do litro do diesel nas refinarias em R$ 0,10, passando dos R$ 2,143 para R$ 2,247. O reajuste corresponde a um aumento médio de 4,84%, podendo variar de 4,5% a 5,1%, menor do que o anunciado na semana fechada em 12 de abril, de 5,74%.


A Petrobras havia informado que o preço do diesel e da gasolina nas refinarias seguiria sem alterações, conforme informou em seu site oficial na noite de terça-feira (16).


O penúltimo aumento do litro do combustível havia ocorrido em 22 de março, quando passou de R$ 2,112 para R$ 2,143.
Compartilhar este artigo em:diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Comentários

Nenhum comentário.

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum