avatar
Admin
Mensagens : 270
Data de inscrição : 25/11/2018
Ver perfil do usuáriohttp://interioronline.forumeiros.com
06042019

Empresa francesa abre fábrica em São João e investe R$ 6 milhões FOTO-CIMA-P%C3%81G.-8-Nova-f%C3%A1brica

Empresa francesa abre fábrica em São João e investe R$ 6 milhões



A Stone Performance, que já possui unidades na França e em Portugal, acaba de inaugurar uma unidade localizada à avenida Marginal Luiza Bodani Farnetani, 535, no Distrito Industrial, em São João da Boa Vista (SP). A empresa, que ocupa o local da antiga Emigran, investiu R$ 6 milhões em instalações e maquinário para tratamento e transformação de diversos tipos de pedras como mármore, granito e ônix em banheiras, pias, pisos e acabamentos de alto padrão.


Com a estratégia de ficar próxima das fontes de matéria prima, a empresa decidiu abrir uma unidade no Brasil, que irá atender o mercado nacional e internacional. Serão exportados produtos finais prontos para a instalação. O que trará um ganho logístico, já que reduzirá o volume de envio ao exterior.


Para isso, a empresa necessitou investir na formação de pessoal especializado e em maquinário diferenciado, para agregar maior valor ao produto antes da sua venda, o que vai à direção contrária do mercado, que exporta, principalmente, blocos e chapas brutos.
Para que os prazos de implementação da fábrica fossem cumpridos dentro do cronograma, a companhia contou com o suporte da InvestSP (Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade), que prestou assessoria tributária, de infraestrutura, ambiental e institucional à empresa.


A unidade de São João da Boa Vista conta com modernos equipamentos para tratamento de matérias-primas, que vêm de diversas partes do Brasil como Paraná, Minas Gerais e Ceará.


A Stone Performance é detentora de patentes na Europa para a tecnologia Stone Performance Process, que produz painéis ultraleves de revestimentos para interiores e fachadas com materiais naturais. A previsão é de que a implementação dessa tecnologia no processo produtivo seja feita a partir do 2º semestre desse ano.


No escritório de design integrado à fábrica, são desenvolvidos os projetos de corte e paginação das pedras. Feitos a partir de fotos das chapas do material a ser trabalhado, os desenhos permitem melhor aproveitamento da matéria-prima, garantindo a continuidade das veias entre as placas. Lá, também são feitos modelos 3D das pias, banheiras e de qualquer escultura produzida em pedra maciça. Ao todo, foram gerados 20 novos empregos na operação da fábrica e do escritório, com expectativa de dobrar esse número até o final do ano.


Para o diretor geral da Stone Performance, Darius Sani, o apoio do Estado de São Paulo ajudou a empresa a iniciar sua operação no Brasil com mais confiança. “É imprescindível ter ao seu lado uma instituição para atender e acompanhar os vários trâmites administrativos e de licenciamento na abertura de uma nova unidade industrial. Somente assim, conseguimos cumprir o nosso cronograma”, afirmou.


O prefeito Vanderlei Borges de Carvalho (MDB) disse que “a chegada da Stone Performance contribui para geração de empregos na cidade e fortalece o Pólo de Tecnologia previsto em nosso planejamento São João 2050. Além disso, essa empresa projeta São João internacionalmente porque, além de ser francesa, ela tem escritórios e unidades de negócios em vários países. A Prefeitura, por intermédio da Assessoria de Desenvolvimento Econômico, prestou todo o atendimento necessário à sua instalação”.


A empresa chega ao País com um grande projeto em andamento. Ela foi contratada para produzir 20.000 m² de revestimentos em mármore de pisos, paredes e tetos, assim como, 500 pias e 20 banheiras maciças para o grupo Allard, responsável pela revitalização da área do antigo Hospital Umberto I (Hospital Matarazzo).


O empreendimento imobiliário une preservação e restauração do patrimônio arquitetônico da capital com a construção de um Hotel de Luxo chamado de Cidade Matarazzo, que será operado pela rede Rosewood.


Para a InvestSP, o investimento mostra que há possibilidade de atrair fornecedores internacionais de todos os portes para o Estado de São Paulo. Existem diversas áreas nas quais o Brasil dispõe de matéria-prima de qualidade e faltam empresas capazes de processá-las com as exigências do mercado. O Investimento da Stone Performance ajuda o Brasil a processar internamente o que antes era enviado como material bruto ao exterior para retornar ao país como produto acabado.
Compartilhar este artigo em:diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Comentários

Nenhum comentário.

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum