ÀS VEZES, TEMOS QUE NOS FINGIR DE BOBOS PARA VER ATÉ ONDE CHEGA A FALSIDADE ALHEIA