avatar
Admin
Mensagens : 282
Data de inscrição : 25/11/2018
Ver perfil do usuáriohttp://www.canalinterativoonline.com
27042019
Saúde confirma 51 casos de dengue em São João Lg-41aff977-7e7f-412d-b0b2-4a2d22934c79


Os casos de dengue confirmados em São João da Boa Vista (SP) passaram de 40 para 51, segundo dados atualizados nesta sexta-feira (26) pelo Setor de Vigilância Epidemiológica, órgão vinculado ao Departamento Municipal de Saúde.


Foram 11 ocorrências a mais em um período de 12 dias, desde a atualização feita no dia 18, véspera de Sexta-feira Santa. Na semana passada, em apenas três dias, os números saltaram de 24 para 40, aumento de 66,6%.


Conforme a Pasta, também subiram de 218 para 252 as notificações no intervalo observado, sendo 16 casos positivos importados e 36 autóctones – quando a doença é contraída dentro do município. Se comparadas às 89 notificações registradas no mesmo intervalo em 2018, houve elevação de 183,1%, com 163 notificações a mais no período atual. Também há 29 pessoas aguardando resultados por São João da Boa Vista.


No ano passado, 85 das ocorrências foram negativadas e apenas quatro casos positivados (três autóctones e um importado) para a dengue. Em relação aos números confirmados, observa-se que os casos de dengue aumentaram 12 vezes mais no comparativo entre períodos – de quatro para 51.


Outro dado mostra que, até 27 de março, a cidade tinha 14 casos positivos (cinco importados e nove autóctones), 37 a menos que o número atualizado, o que indica que, em 31 dias, ao menos 1 caso da doença foi computado por dia.


A Prefeitura de São João voltou a considerar que os registros, no entanto, ocorrem mesmo com os agentes de vigilância ambiental realizando trabalho de conscientização e visitas às residências da cidade durante o ano todo.


ESTADO
Dados divulgados até 15 de abril, em último balanço da SES (Secretaria Estadual de Saúde), apontaram que o Estado de São Paulo já registra 85 mil casos de dengue neste ano. Entretanto, o número de casos deve ser bem maior, já que as ocorrências positivas disparam nas últimas semanas em diversas cidades de SP. Em 2018, em todo o Estado, foram registrados 15 mil casos da doença.


BRASIL
No País, o número de casos de dengue subiu 29% em duas semanas, de acordo com último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde na semana passada. Até 30 de março, foram contabilizadas 322.199 infecções, com 86 mortes.


Em 16 de março, eram 229.064, contra 174.924 em 2018. Em relação ao ano passado, a elevação é bastante expressiva: 303%. No mesmo período do ano passado, haviam sido registrados 51 óbitos.


O maior número de casos da doença está na região Sudeste, com 66,3% do total do País. Em seguida, vem o Centro-Oeste (17,4%), o Nordeste (7,5%), Norte (5,4 %) e Sul (3,4%).


A maior relação de casos por habitantes foi registrada em Tocantins (687,4 casos/100 mil hab.), Mato Grosso do Sul (518,6 casos/100 mil hab.), Goiás (479,0 casos/100 mil hab.), Acre (467,9 casos/100 mil hab.), Minas Gerais (387,8 casos/100 mil hab.) e Espírito Santo (303,9 casos/100 mil hab.).


CHIKUNGUNYA
Em 2019, até 24 de abril, nenhum caso positivo de Chikungunya foi registrado em São João. Com seis notificações, dois foram negativados e outros quatro aguardam resultados. No mesmo período do ano passado, também foram quatro notificações e nas quatro com conclusões negativas.


ZIKA VÍRUS
Também não foi registrado nenhum caso de Zika Vírus na cidade até o momento, bem como no intervalo de 2018.


FEBRE AMARELA
Até quarta (24), houve duas notificações para Febre Amarela, com um caso negativo e outro à espera de resultado. Em igual período de 2018, foram 13 notificações, um caso positivo, 11 negativados e um aguardava resultado.


Por Ignácio Garcia.


Prefeitura realiza 3º mutirão contra Aedes Aegypti
Em busca de combater a crescente proliferação de casos de dengue em São João da Boa Vista, o Departamento de Saúde da Prefeitura de São João realiza, na manhã deste sábado (27), o 3º mutirão “Todos Contra o Aedes Aegypti”.


A ação ocorre no período das 7h às 12h e consiste no recolhimento de objetos que possam servir de criadouros ao mosquito, bem como visitas em 1.700 imóveis distribuídos em 95 quadras, incluindo o bairro Rosário.


Segundo o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), deste total, 31 quadras já foram visitadas ao longo das últimas semanas.
Compartilhar este artigo em:diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Comentários

Nenhum comentário.

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum